Castelos Brasileiros

Os castelos medievais sempre fizeram parte das antigas histórias de amor e de guerra. Também foram, e ainda são, um grande símbolo do poder monárquico. Mas se você pensa que eles só existem na Europa, você está muito enganado!

Com estilos góticos a medievais, o Brasil também possui lindos castelos onde é possível encontrar desde museus a até antigos centros de disputas políticas. Confira:




Castelo Labirinto de Zé dos Montes – Sítio Novo/RN
Foto: Giovanni Sérgio/Secretária de Turismo do Rio Grande do Norte
Um dos mais famosos castelos brasileiros foi elaborado por João Antônio Barreto, também conhecido por Zé dos Montes. A obra levou mais de 20 anos para ser concluída e foi construída com pedra e cal. Com corredores estreitos, o que dá o nome de castelo labirinto, o local é uma beleza isolada na Serra do Tapuia.



Castelo de Pedras Altas – Pedras Altas/RS
Foto: Eduardo Amorim/Flickr
Construída em granito rosa, o Castelo de Pedras Altas foi de grande importância para as disputas políticas que culminaram na Revolução de 1923. O prédio, que fica numa parte isolada do Rio Grande do Sul, possui uma grande biblioteca que ainda reúne visitantes.



Castelo do Batel – Curitiba/PR
Foto: Divulgação/Facebook Castelo do Batel
Inspirado nas edificações francesas, o Castelo Batel foi construído em 1924 e encomendado pelo cônsul honorário da Holanda. Em 1947 foi tombado como patrimônio público. Hoje em dia o castelo é um famoso centro de convenções e eventos.



Castelo De Garcia D’Avilla – Praia do Forte/BA
Foto: Jota Freitas/Turismo Bahia
Um dos mais antigos do país, o Castelo de Garcia D’Avilla, infelizmente, encontra-se em ruínas. O lugar começou a ser construído em 1551, mas as obras só foram concluídas em 1624. Seu dono era Garcia D’Avilla, que foi nomeado como feitor da cidade de Salvador.



Castelo São João/ Instituto Ricardo Brennand – Recife/PE
Foto: Luci Correia/Flickr
Com mais de um milhão de visitas, o Castelo São João começou com o hobby do empresário Ricardo Brennand de colecionar armas! O castelo, construído em estilo gótico em apenas seis anos, foi inaugurado em 2002 e hoje é um dos maiores acervos de armas brancas do mundo.




Castelo da Ilha Fiscal – Rio de Janeiro/RJ
Foto: Luciano Joaquim/Flickr
Projetado por Adolpho José Del Vecchio, esse castelo tinha como objetivo ser um posto aduaneiro para o Ministério da Fazenda. O projeto levou quase oito anos para ser finalizado e a  edificação de estilo neo-gótico foi construída por portugueses e escravos. Atualmente, o prédio é um museu mantido pela Marinha do Brasil.




Castelo Simões Lopes – Pelotas/RS
Foto: Fabrício Marco/Flickr
A construção, que já foi palco para importantes discussões políticas, foi construída em 1920 e arquitetada pelo arquiteto suíço Fernando Rullman. Entretanto, seu dono era o senador Augusto Simões Lopes, que dá nome ao castelo. Atualmente, o prédio é um patrimônio público do Rio Grande do Sul.




Châteou Lacave – Caxias do Sul/RS
Foto: Divulgação/Caxias do Sul Turismo
O Châteou Lacave foi construído em 1968 e é o resultado da planta original de um castelo espanhol. Além disso, a construção é uma vinícola famosa da região e também restaurante! Apesar de ser uma propriedade privada, o castelo é um ponto famoso de turismo em Caxias do Sul, que recebe visitas de turistas de todo o país.




 Castelo Fiocruz – Rio de Janeiro/RJ
Foto: Museu da Vida/Flickr
Construído no estilo neo-mourisca no Rio de Janeiro, o Castelo Fiocruz é o prédio central da Fundação Oswaldo Cruz. Essa edificação foi projetada em 1904 pelo português Luiz de Moraes Júnior. Hoje, o castelo é um museu científico e possui várias salas só para exposição.




Castelo de Pesqueira – Pesqueira/PE
Foto: Alexandre Maia/Flickr
Um empresário pernambucano decidiu construir seu próprio castelo. Isso mesmo, Edvonaldo Bezerra Torres transformou a sua casa em um castelo inspirado em edificações árabes. A construção, iniciada há seis anos, possui 1,8 metros quadrados e mais de 35 metros de altura.





 Castelo Eldorado em Marilândia do Sul - PR
 Henrique Stalk (proprietário do Castelo Eldorado), veio para o norte do Paraná em 1938, instalando-se na antiga República do Eldorado.
Conta-se que João Stalk em sua juventude visitou a Alemanha e se encantou com o Castelo de Wartburg e quis construir uma Réplica do castelo alemão, com milhares de detalhes arquitetônicos, torres, sacadas e jardim suspenso.
O castelo, na verdade uma luxuosa construção edificada pela família Stalk durante a II Guerra Mundial entre 1942-1947 encanta seus visitantes.
Na época, seus quatro pavimentos com paredes de 70 cm de espessura, abrigavam inúmeros aposentos, que foram construídos e decorados com todo luxo e conforto: escadarias, elevador, banheiro em mármore de Carrara, vidros franceses, lustres tchecos e cortinas da Síria. Seus vários salões em estilo neoclássico são decorados com diversos trabalhos em estuque.
Todo esse requinte construído no Vale do Ivaí, Norte do Paraná, Brasil, em um lugar quase inacessível na época, (Berghof - Berchtesgaden) gera inúmeras hipóteses e lendas, uma vez que realmente não se sabe qual era a intenção da família ao construí-lo. A lenda diz que o castelo serviu como fortaleza de luxo para os nazistas fugidos da Alemanha durante a guerra. O fato é que a fazenda possuía 5000 alqueires e ficou conhecida como República do Eldorado. Tão grande era a riqueza proveniente da madeira, que a República chegou a ter uma moeda própria - o Boró - aceita em toda a região. O Castelo hoje está encravado em uma área de 12 alqueires que ainda conserva reminiscências da mata nativa. 




Agradecimentos e parte dos créditos a Isabela Giordan 

Siga-nos os Bons! Twitter do aWicca
Assine nosso Feed e receba no seus favoritos novas matérias!
Entre em contato! Pode mandar, a coruja entrega!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Não? Quer acrescentar algo? Comente!!!