Deusa Neith (A Senhora do Oeste)

Neith era a Abridora de Caminhos, a Caçadora, Senhora do Oeste, deusa guerreira e protetora. Seu nome significa "Eu venho de mim mesma", ou auto concebida. De acordo com a lenda Neith emergiu das águas primevas. Seguiu o curso do rio Nilo em direção ao mar, até alcançar o Delta, dando forma à cidade de Sais. Ela se autogerou e como a "Mãe Original", uma divindade andrógina, englobava tanto o feminino como o masculino. Criar matéria para existir e viver é uma das naturezas primárias desta Deusa no processo da Criação. Sua função mais antiga parece haver sido uma Deusa guerreira e da caça, embora também fosse Deusa da Sabedoria. 


No período pré-dinástico tinha a forma de escaravelho e posteriormente, seus atributos foram o arco e flecha cruzadas sobre o escudo, que constituíam seu emblema. Também levava uma coruja na mão direita e uma lança na esquerda. Foi por isso, que Heródoto a associou a Atenas. 



Ritual 

Deve ser realizado na Lua Crescente 

Objetos necessários:
- Uma vela branca ou azul bem claro
- Incenso de lavanda 

Após lançar o círculo e invocar os quadrantes, erga seus braços e diga:

“Caçadora obscura, abridora de caminhos Eu chamo seu nome. Você que é tudo o que já foi, é e virá a ser Ensina-me os mistérios obscuros e sagrados Pois sem compreender os sonhos que me conduzem a estradas internas Não sou completo Os sonhos ensinaram aos antigos, e me ensinam hoje me Ensine, grande Neith!”

Cruze suas mãos sobre seu peito e espere pelas bênçãos de Neith. Erga seus braços em movimento mais uma vez e diga: 

“Caçadora prateada que cavalga pelas pálidas nuvens da meia-noite Eu saúdo sua luz celeste com alegria. Bela dama da noite, eu aguardo os sonhos que me enviará, Visões e magia fazem parte de seu poder. Ensina-me os mistérios da Deusa Tríplice, Mãe da cura e da sabedoria antiga, me abençoe!”


Fite a luz da vela. Observe atentamente o trepidar da chama e associe ao trabalho de seu cérebro, que neste momento busca trajetos, pontes que se conectem com sua memória ancestral. São memórias muito antigas que esperam ser descobertas por você. Nós somos nossos antepassados, pois suas experiências e memórias ainda vivem dentro de nós. Nós somos as filhas da Deusa e cada uma de nós veio para este mundo com uma missão especial.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Não? Quer acrescentar algo? Comente!!!