Fadas

Fadas podem ser vistas claramente apenas por animais e raramente por humanos, e se alguém tiver essa sorte, poderá, ao menos, ter visto rapidamente uma fada. Mas há algumas poucas exceções, entretanto. A primeira delas é quando a fada usa uma técnica mágica, o glamour, para mudar a sua aparência física e assim, poder se mostrar aos humanos. A segunda chance é de vê-las dançando e cantando num ritual que acontece no Verão, no dia em que o Sol está no ponto mais alto do céu. A terceira chance de se ver uma fada através de uma pedra que tenha sido furada ao meio pela força da água.

O reino das fadas é comandado pela Rainha Titania e seu consorte Príncipe Oberon.
O Folclore gaélico dá muita importância às fadas, tanto nas lendas, como nas músicas. A crença nas fadas invadiu também as lendas celtas. Na Escócia,
houve um famoso incidente, em que três mortais, Thomas the Rymer, Tam Lim e o padre Robert Kirk, autor do livro O segredo do povo dos Elfos, Faunos e Fadas, foram levados à Terra das Fadas. Existem algumas hipóteses sobre a origem das fadas:
Que elas tenham sido formadoras de uma raça, de estatura menor que a dos humanos e que moravam abaixo da superfície;
Alguns dizem que elas são Anjos Caídos, que foram expulsas do céu, após se negarem a cumprir uma ordem;
As fadas também são vistas como espíritos dos ancestrais;
São consideradas também Deuses Antigos, que diminuíram em estatura por não aceitarem a Igreja Católica.
Mas as fadas fazem parte do imaginário popular graças aos contos e histórias de autores como os irmãos Grimm. Nestas histórias, elas têm papel decisivo, muitas vezes auxiliando o protagonista ou lhe concedendo uma graça que ele jamais poderia alcançar por si.           

4 comentários:

  1. Queria muito poder vê-las. =(

    ResponderExcluir
  2. Muito bom o texto. Mas o mais apropriado a dizer sobre elas é que nao são apenas seres místicos, elas estão mais para seres alienígenas. E o fato delas nao se mostrarem para nos é por nao confiar no nosso "bom senso". tive uma péssima experiencia com elas, porem não as odeio, continuo as amando, porem com uma perspectiva diferente.

    ResponderExcluir

Gostou? Não? Quer acrescentar algo? Comente!!!