Que vertente devo seguir?

Quando começamos a estudar e praticar Bruxaria, percebemos muito rapidamente que há diversos caminhos diferentes. Muita gente primeiro ouve falar sobre Wicca, então descobre que a Wicca é, na verdade, apenas uma das vertentes da Bruxaria. E que a Bruxaria se desmembra em incontáveis ramificações… Além disso, dentro do próprio Paganismo há muitos caminhos bacanas, como o Druidismo, o Asatru… E isso basta para levar qualquer um à loucura quando tudo o que você quer saber é “onde se abrigar”. Foi com essa dúvida de muitos em mente que resolvi escrever este texto, esperando ajudá-los pelo menos em parte a descobrir onde se encaixar.



Antes de começar a escrever, quero pular à conclusão final óbvia: o seu caminho é único - e você já deve estar cansado de ler sobre isso. Há diversas vertentes pagãs sim, mas dentro da Bruxaria, você descobrirá que o mais importante, de fato, é o que você faz. Eu quero que você tenha isso em mente ao ler o restante do texto.
Você já deve ter ouvido falar sobre várias tradições. No momento, o que lhe diz mais ao coração? Você já deve ter uma resposta. A outra, que eu quero te dar, é a seguinte: nada é definitivo. Nada impede que, semana que vem, ou daqui a 30 anos, você descubra que o seu caminho, na verdade, pertence a outra tradição. Não há nada de errado nisso. Então simplesmente curta o momento. Se você acha que, hoje, se identifica mais com o Druidismo, por exemplo, mergulhe de cabeça. Não fique com neuras e preocupações tipo “não tenho ideia de onde encontrar um grupo”, porque ainda há muito o que ler e estudar antes disso, e as coisas vão se ajeitando.
Porém, é importante ter em mente que “muitas trilhas possui a estrada do oculto, mas é preciso escolher uma apenas e nela permanecer” - esse é um trecho retirado do livro "Revelações de uma Bruxa", de Márcia Frazão. E ela continua: “digo isso porque é extremamente complicado explorar duas ou mais trilhas ao mesmo tempo, correndo-se o risco de se perder e não chegar a nenhum lugar”. Assim, o que quer que esteja fazendo agora, faça com o coração. Não adianta querer fazer mais de uma coisa ao mesmo tempo, que não fará direito nenhuma das duas.
Não se sinta obrigado(a) a definir nada agora. Na verdade, não se sinta obrigado a se definir nunca. Não somos rótulos. Como eu disse no início, cada caminho é único, e o importante é você praticar o que lhe faz bem, o que você sente e crê. No início, quando estamos empolgados, fica difícil ter essa noção do que é essencial. Mas, confie em mim: com o tempo, você vai saber distinguir. Basta ir praticando. Leia o que puder, pratique o que quiser. Isso vai definir seu caminho, muito mais do que uma escolha.

4 comentários:

  1. Eu achei o texto um bom caminho à reflexão. E todo o seu conteúdo é voltado para a descoberta que cada pessoa tem que fazer em relação a sua vida e religião. Porque no fim "isso vai definir seu caminho".

    ResponderExcluir
  2. Fico feliz. Nos últimos anos a Religião tem carecido de cabeças pensantes, já que nos meios internéticos reina o ctrl c + ctrl v.

    É uma zona de conforto no qual a Religião não deve ficar, pois como o Divino é imanente no mundo, nós e nossas questões também o são. Sinto que em muitos a Religião é algo que se faz em datas específicas (quando o namorado ou a ressaca da noite anterior não atrapalham) e não como uma forma de ver e agir no mundo, somando às características da própria pessoa.

    É bom saber que tenho mais dois companheiros de caminhada. Já foi dito muitas vezes que a Wicca é um caminho solitário. Eu discordo. Se fosse, para quem nós estaríamos escrevendo? Rs!

    É o desejo que nos une.

    Fraternos abraços, novos amigos.

    Se for possível um dia, quero conhecê-los e, em volta da fogueira, falarmos até o nascer do sol!!!

    Saúde, Amizade, Liberdade.


    S. Thot.

    ResponderExcluir
  3. É verdade, para quem estariamos escrevendo? ^^

    Ficaría muito feliz de um dia conhecê-lo ^^

    Abraço!

    Lutivinus

    ResponderExcluir
  4. Bacana!! Concordo que seguir o próprio ritmo torna tudo mais suave.

    ResponderExcluir

Gostou? Não? Quer acrescentar algo? Comente!!!